domingo, 1 de maio de 2016

A maternidade me escolheu

A ideia de ter um blog para falar da maternidade é antiga. Estevan ainda era um menino sem nome, dentro da minha barriga. O tempo passou, a ideia continuava ideia.

Quando Estevan completou 1 ano, a ideia começou a concretizar. Não era mais só ideia em cabeça de mãe. Tinha também um endereço na internet e ganhava um nome.
A maternidade me escolheu.

Sim, A maternidade me escolheu. Nome do blog. Nome que tem vida.

E a ideia continuou lá. No blog. Sem acesso, sem postagem. Lá parada. Mas ainda assim ideia.

Maio chegou. Hoje, 1º de maio. Mês lindo. Mês do Estevan. Pensei em escrever. Escrever diariamente uma memória, lembrança, sentimento, sorriso, lágrima desses quase dois de vida fora da barriga do menino Estevan.

Postagens no facebook. Partilha de sentimento com as pessoas. E um blog? Blog? Sim, Blog! Ah, um blog, sim, eu tenho, e para falar justamente disso: Maternidade! Vou usar.


A maternidade me escolheu. Menino Estevan também me escolheu. E talvez eu fale/escreva sobre isso nos próximos dias. Hoje só que dizer que vou ousar escrever sobre esse momento novo, que me faz repensar a vida a cada passo. Que me traz certezas, mas também incertezas, muitas. A maternidade. A maternidade me escolheu.  Fiquei de cara. Cara de bunda, de choro. Depois, abri os abraços e me joguei. Vem comigo?

(Li em algum essa madrugada que "feito é melhor que perfeito". Gratidão a quem fez essa frase passar pelo meu caminho)